Brasil
Tendência

João de Deus recebe a primeira condenação

A justiça condenou, nesta quinta-feira (7), o médium João Teixeira de Faria a 4 anos de prisão em regime aberto pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e de uso restrito em Abadiânia, Entorno do Distrito Federal, onde fazia atendimentos espirituais. A mulher dele, Ana Keyla Teixeira, também era ré no processo, mas foi absolvida. A decisão foi dada pela juíza Rosângela Rodrigues. Essa é a primeira condenação do médium.

O advogado de João de Deus, Anderson van Gualberto, informou que deve recorrer da decisão. Ele afirma que foi imposto o regime aberto para o cumprimento da pena, e mesmo assim, a juíza manteve a prisão de João de Deus, agindo de forma incoerente. A ação foi proposta pelo Ministério Público de Goiás. Preso desde dezembro do ano passado no Complexo Prisional, ele também responde a processos por abusos sexuais, falsidade ideológica, posse ilegal de arma de fogo e corrupção de testemunhas. O investigado sempre negou os crimes.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios