Distrito Federal e Região
Tendência

Biblioteca de Ceilândia: 26 anos de história

No dia 02 de dezembro, a Biblioteca Pública de Ceilândia Carlos Drummond de Andrade, completou 26 anos de história. A instituição de pesquisa, ensino e cultura, foi inaugurada pelo então governador, Joaquim Roriz no ano de 1993. O espaço funcionou no atual auditório da Administração Regional de Ceilândia, durante cinco anos, até a sua mudança para uma nova sede no mês de setembro de 1998, no Centro Cultural de Ceilândia, que fica na Ceilândia Norte. 

Solenidade de 26 anos de história da Biblioteca de Ceilândia

De lá para cá, muitas coisas mudaram. A Biblioteca é hoje uma referência no Distrito Federal, contando com um acervo de 108 mil livros. Outro detalhe do espaço público, é que a Biblioteca Pública de Ceilândia Carlos Drummond de Andrade está toda informatizada, recebendo uma média de 500 alunos dia e 5 mil alunos mês. 

Nesta última quinta-feira, dia 05 de dezembro, uma solenidade foi realizada para comemorar os 26 anos da instituição. O chefe de gabinete, Cléber Monteiro, esteve representando o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí. “Estou muito feliz e emocionado por saber da história dessa biblioteca, pois quero reforçar que o governador Ibaneis Rocha quer melhorar e muito a maior cidade do DF”. 

Geisa ( Foto abaixo com o chefe de gabinete da administração, Cléber Monteiro), é moradora do Recanto das Emas, mas como não tem biblioteca na cidade dela, ela vem sempre para Ceilândia estudar para concurso. “Aqui na Ceilândia, muitas coisas precisam melhorar, mas estou muito feliz com o carinho das colaboradoras da unidade, pois são dedicadas ao extremo”. 

Cléber Monteiro – Chefe de Gabinete da Administração Regional de Ceilândia e a aluna Geisa do Recanto das Emas

Zoraia Abrantes, coordenadora da Biblioteca de Ceilândia, ressalta que a Biblioteca está num momento muito bom, faltando apenas alguns detalhes na estrutura física. “Aqui, trabalhamos com muito amor e carinho, pois educar é informar, e isso nós procuramos sempre fazer, no que diz respeito a nossa comunidade”. 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios